Conselho de Ética instaura processo contra vereador que invadiu igreja

Must Read


O Conselho de Ética da Câmara Municipal de Curitiba instaurou, na noite da última quinta-feira (17) um processo disciplinar contra o vereador petista Renato Freitas, que invadiu igreja católica durante manifestação.

A comissão vai analisar a quebra de decoro parlamentar do vereador, que desrespeitou a Igreja Nossa Senhora do Rosário, em Curitiba, Paraná, durante manifestação da esquerda radical.

Em seu parecer, a Corregedoria da Câmara aponta que o vereador está sendo acusado em três atos que configurariam quebra do decoro parlamentar: perturbação de prática de culto religioso, entrada não autorizada de manifestantes na igreja e realização de ato político no interior da igreja.

A corregedora afirma que Freitas pode ter usado suas prerrogativas de parlamentar para liderar as manifestações e a entrada na igreja.  Apesar de estar afastado da Câmara por motivos de saúde, ele será intimado para apresentar sua defesa prévia em 15 dias.

Foram designados como relatores, o vereador Sidmei Toaldo (Patriota), e a vice-relatora, vereadora Maria Letícia (PV).

“O processo vai respeitar, fielmente, todas as normas legais, garantindo ao vereador o contraditório e a ampla defesa, pautando-se pelo princípio da presunção de inocência. Esse processo visa esclarecer fatos, não é um processo acusatório, é um processo de esclarecimento, para julgamento desta conduta ao final dos trabalhos”, comentou o presidente do Conselho, vereador Dalton Borba (PDT).



Source link

- Advertisement -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img
Latest News

Veja galeria de fotos de Cuiabá x Internacional, pelo Brasileirão

Veja galeria de fotos de Cuiabá x Internacional, pelo Brasileirão - Gazeta Esportiva <!-- Futebol/Campeonato Brasileiro Veja galeria de fotos de...
- Advertisement -spot_img

More Articles Like This

- Advertisement -spot_img