Vereador do PT se afasta do mandato, após invadir igreja

Must Read


O vereador de extrema esquerda do PT, Renato Freitas, acusado de ter liderado a invasão a uma igreja católica durante manifestações em Curitiba, Paraná, decidiu se afastar de suas funções na Câmara Municipal da cidade.

A decisão foi protocolada 12 dias após Freitas interromper uma missa, juntamente com militantes da esquerda radical, sob desculpa de estar promovendo um protesto.

O incidente aconteceu na Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, no centro de Curitiba, quando o vereador foi duramente criticado por líderes religiosos.

Embora tenha pedido o afastamento, Freitas não esclareceu quais questões de saúde teriam motivado, mas através de nota a assessoria afirma que o político estaria sendo ameaçado de morte.

“O vereador tem sido alvo de ameaças constantes e cada vez mais violentas, como ameaças de morte e injúrias raciais. Por isso precisou de repouso para se recuperar de tamanha violência”, disse a nota.

No entanto, o vereador também deverá responder por questões éticas na Câmara, tendo sido alvo de pedidos de cassação de seu mandato.

Os pedidos foram protocolados pelos vereadores Éder Borges (PSD), Pier Petruziello (PTB) e Pastor Marciano Alves (Republicanos).



Source link

- Advertisement -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img
Latest News

Veja galeria de fotos de Cuiabá x Internacional, pelo Brasileirão

Veja galeria de fotos de Cuiabá x Internacional, pelo Brasileirão - Gazeta Esportiva <!-- Futebol/Campeonato Brasileiro Veja galeria de fotos de...
- Advertisement -spot_img

More Articles Like This

- Advertisement -spot_img