Desenvolvimento do bebê com 1 ano: peso, sono e alimentação

Must Read


O bebê com 1 ano já consegue se sentar sem ajuda, além de segurar em móveis e pessoas para se levantar e caminhar. Além disso, alguns bebês também já conseguem ficar de pé e dar pequenos passos sozinhos e sem apoios nesta fase.

Nesta idade, o bebê aprende a imitar alguns gestos que as outras pessoas fazem e tem melhor coordenação motora, conseguindo tirar e colocar objetos dentro de uma caixa e segurar o copo para beber água, por exemplo.

O leite materno, ou a fórmula infantil, ainda são importantes na alimentação do bebê com 1 ano. No entanto, a comida fornece mais nutrientes para a criança e, por isso, é recomendado oferecer uma porção de frutas no café da manhã e nos lanches da manhã e da tarde, e as refeições “salgadas”, no almoço e no jantar. Veja algumas sugestões para a alimentação do bebê com 1 ano.

É importante lembrar que cada bebê é único e possui seu próprio ritmo de crescimento, desenvolvimento, sono e fala. Por isso, em casos de dúvidas sobre o desenvolvimento do bebê, é sempre recomendado realizar uma consulta com o pediatra.

Peso do bebê

A tabela seguinte indica o intervalo de peso ideal do bebê com 1 ano, assim como outros parâmetro importantes como altura e perímetro cefálico, de acordo com a Organização Mundial de Saúde:

 

Menino

Menina

Peso

7,8 a 12 kg

7 a 11,5 kg

Altura

71 a 80,4 cm

68,9 a 79 cm

Perímetro cefálico

44,7 a 47,3 cm

43,5 a 46,3 cm

Ganho de peso mensal

300 g

300 g

No entanto, se o bebê apresentar valores acima ou abaixo dos indicados, é recomendado passar por uma consulta com o pediatra para avaliar o desenvolvimento da criança.

Desenvolvimento do bebê

O bebê com 1 ano continua a engatinhar, mas já consegue se sentar sem ajuda e segurar em móveis e pessoas para se levantar e caminhar. Além disso, alguns bebês também já conseguem ficar de pé e dar pequenos passos sozinhos e sem apoios. Por isso, usar sapatos macios e flexíveis nessa fase são importantes para ajudar na caminhada e no desenvolvimento dos pés do bebê. Veja como escolher o melhor sapato para o bebê.

Nesta fase, o bebê se comunica bem, balançando a cabeça para dizer “não”, acenando com as mãos para dizer “tchau”, imitando alguns gestos de outras pessoas e conseguindo falar pequenas palavras, como “mama” e “papa”.

Além disso, o bebê com 1 ano já possui melhor coordenação motora, conseguindo tirar e colocar objetos de dentro de uma caixa, segurar um copo para beber água e pentear o cabelo, por exemplo.

Veja no vídeo a seguir algumas dicas para ajudar no desenvolvimento do bebê:

Alimentação do bebê

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, o leite materno sob livre demanda, que é quando o bebê quer mamar, é importante e ainda deve ser oferecido para o bebê com 1 ano. Já para crianças que não amamentam, a fórmula infantil deve ser oferecida de acordo com a orientação do pediatra.

O bebê deve fazer 6 refeições por dia, incluindo uma porção de fruta fresca no café da manhã e nos lanche da manhã e da tarde, e 2 refeições “salgadas”, preparadas com vegetais, cereais, tubérculos, leguminosas e proteínas, no almoço e no jantar, como explicado a seguir:

  • Café da manhã: 1 porção de fruta fresca + leite materno, ou 200 ml de leite de vaca integral, ou fórmula infantil;
  • Lanche da manhã e da tarde: 1 porção de fruta fresca + leite materno, ou 200 ml de leite de vaca integral, ou fórmula infantil;
  • Almoço e jantar: 1 colher de sopa de cereais, como arroz, milho e quinoa, ou tubérculos, como inhame e batata doce + 2 colheres de sopa de vegetais, como chuchu, abóbora e espinafre + 2 colheres de sopa de leguminosas, como feijão fradinho e grão de bico + 1 colher de sopa de proteína, como carne, peixe ou ovo;
  • Ceia: leite materno, ou 200 ml de leite de vaca integral, ou fórmula infantil.

A partir de 1 ano o leite de vaca integral é indicado para os bebês que não mamam no peito, por ser uma bebida rica em cálcio, um mineral importante para a formação dos ossos e dentes. Mas deve-se oferecer somente o total de 600 ml de leite de vaca por dia, pois o cálcio em excesso pode atrapalhar a absorção de ferro da alimentação, um mineral importante para evitar anemia.

No entanto, em situações como intolerâncias e alergias, por exemplo, o consumo de leite de vaca não é indicado. Por isso, antes de oferecer esse tipo de leite para o bebê, é recomendado conversar com o pediatra.

Além disso, a Sociedade Brasileira de Pediatria também recomenda que se dê 1,3 litros de água por dia para o bebê, levando em consideração a água do leite materno, ou usada no preparo da fórmula infantil, a água usada em refeições, como sopas e sucos, e a água pura. Veja como dar água para o bebê.

Sono do bebê

O sono é fundamental para fortalecer o sistema imunológico, além de ajudar no crescimento e na memória do bebê. O sono do bebê com 1 ano dura em torno de 13 horas por dia, que pode ser dividido entre 9 a 10 horas durante a noite e dois cochilos de, no máximo, 3 horas durante o dia.

Algumas medidas, como manter um ambiente calmo, diminuir a iluminação e os barulhos na casa 1 hora antes de dormir podem ajudar o bebê a adormecer e ter uma boa noite de sono. Veja outras dicas para ajudar o bebê a ter uma boa noite de sono.

Quando vacinar o bebê

O bebê com 1 ano deverá tomar algumas vacinas, como:

  • 4ª dose da Pneumocócica conjugada, que protege contra diferentes tipos da bactéria Streptococcus pneumoniae, responsável pela pneumonia, meningite e sepse, por exemplo;
  • 3ª dose da Meningocócica C, que protege contra a meningite do tipo C;
  • 3ª dose da Meningocócica B, que protege contra a meningite do tipo B;
  • 1ª dose da Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba;
  • 1ª dose da hepatite A, que protege contra a hepatite do tipo A;
  • 1ª dose da vacina VOP, contra poliomielite.

Caso o bebê não tenha tomado a vacina contra a febre amarela, deverá tomar a primeira dose desta vacina também.

Brincadeiras e atividades

As brincadeiras e atividades são essenciais para o bebê de 1 ano, porque ajudam no desenvolvimento da fala, nas interações sociais e no senso de coletividade. Além disso, as brincadeiras também estimulam a curiosidade e a comunicação do bebê.

Durante as brincadeiras é importante conversar com o bebê, pois a comunicação ajuda no desenvolvimento da criança. Algumas brincadeiras e atividades que podem ser praticadas com o bebê de 1 ano são:

  • Colocar uma lanterna em direção a uma parede lisa em um ambiente com pouca luz. Colocar as mãos entre a parede a lanterna, criando sombras divertidas e diferentes na parede;
  • Ler livros ou revistas, conversando com o bebê e mostrando as figuras e os desenhos;
  • Fazer uma garrafa sensorial, colocando pedaços de papel colorido, tampinhas e tecidos coloridos dentro de uma garrafa pet. Encher a garrafa com água, fechando bem, e mostrar para o bebê brincar com as diferentes cores e formas.

Além disso, outra atividade para estimular o bem estar e o desenvolvimento do bebê é passear com ele em parques ou praças. No entanto, os passeios devem ser feitos antes das 10:00 ou após às 16:00, e sempre aplicando protetor solar no bebê 30 minutos antes de sair de casa, sendo indicado também o uso de guarda-sol.



Source link

- Advertisement -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -spot_img
Latest News

Goiás Turismo realiza 1º Congresso Brasileiro de Trilhas

Goiânia foi escolhida para sediar o congresso pelo protagonismo de Goiás na implantação de trilhas importantes (Foto: Secom)...
- Advertisement -spot_img

More Articles Like This

- Advertisement -spot_img